Pesquisa de clima organizacional: como aplicar à distância?

11 de dezembro de 2020
Medir o grau de satisfação através de uma pesquisa de clima organizacional é essencial. Saiba como fazer isso com a equipe em home office! Você sabia que um dos motivos que mais leva profissionais a pedirem demissão é um clima organizacional ruim? Pesquisas apontam que esse é um dos principais fatores que influenciam os colaboradores na hora de tomar essa decisão. Além disso, a insatisfação com os superiores, excesso de trabalho e remuneração baixa, são outros indicativos de descontentamento, apontados pelos trabalhadores.

Mas como a empresa pode identificar o que está deixando os trabalhadores desmotivados?

Problemas com a liderança e colegas de trabalho podem impactar diretamente no clima do ambiente, fazendo com que a desmotivação tome conta e a produtividade diminua.

Como anda o clima da sua empresa? Medir o grau de satisfação através de uma pesquisa de clima organizacional junto aos funcionários é uma opção para entender o que está acontecendo.

Muitos colaboradores tem receio de expor sua opinião com medo de serem repreendidos, por isso realizar uma pesquisa de clima de maneira anônima pode ser uma boa estratégia para identificar possíveis problemas que ronda o ambiente organizacional.

Com a vinda da pandemia, muitas empresas ficaram perdidas com relação a como realizar uma pesquisa de clima organizacional com a equipe em home office.

O uso da tecnologia pode auxiliar nesse sentido, fazendo com que os colaboradores respondam de maneira remota.

O QUE É A PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL?

A pesquisa de clima é uma ferramenta estratégica importante para ouvir a opinião dos colaboradores. Através dela, o RH consegue identificar problemas comportamentais, conflitos e atitudes que possam estar comprometendo a harmonia no ambiente de trabalho. Ela permite também que gestores tenha uma clareza quanto ao grau de satisfação dos seus subordinados, de forma que possam ser identificadas possíveis melhorias a serem feitas e também potencializar os pontos positivos ressaltados.

A pesquisa de clima precisa ser feita com muita responsabilidade e compromisso. As perguntas precisam ser objetivas, voltadas para a realidade da empresa, de forma que esta possa identificar os GAPS que precisa trabalhar dentro da organização.

Com a modalidade de trabalho home office, as empresas procuram mais alternativas para realizar a pesquisa de clima organizacional e sentir como anda o ambiente na empresa.

Para se obter sucesso ao realizar uma pesquisa organizacional, é preciso definir alguns passos e executá-los de maneira responsável, evitando assim problemas com o resultado e aumentando a taxa de participação.

Listamos abaixo algumas dicas que podem te ajudar a realizar uma pesquisa de clima organizacional e obter informações para entender o atual cenário da empresa e consequentemente propor melhorias, inclusive durante o período do home office:

1 - Garantir o anonimato
Muitos colaboradores deixam de contribuir com as pesquisas de clima devido o medo da exposição ou repreensão por parte da liderança. Por isso, um dos principais requisitos para se ter uma pesquisa de clima com alta taxa de engajamento é garantir o anonimato. Através de ferramentas online é possível criar formulários de pesquisa.

2 - Fazer as perguntas certas
Esse item é muito importante para o sucesso da pesquisa de clima. O RH precisa rever constantemente as perguntas para que as respostas possam trazer de fato questões que precisam ser trabalhadas.

Estruturar as perguntas de acordo com a organização é muito importante, pois a pesquisa de clima precisa ser voltada para a realidade empresa. O ideal é que as perguntas sejam estruturadas no modo múltipla escolha.

3 - Apurar o resultado rapidamente
É essencial que além de realizar a pesquisa, a apuração do resultado seja feita o mais breve possível. Dessa forma, é possível identificar quais são os pontos levantados pelos colaboradores (positivos e negativos) e já iniciar o processo de criação das ações para atuar nesses indicadores. Aqui podemos levantar também a importância na transparência dos resultados da pesquisa, mostrando aos envolvidos os resultados e quais ações serão implementadas para resolver.

4 - Propor soluções de melhoria
Além de mapear os resultados da pesquisa, é necessário criar ações para melhorar os pontos negativos que foram evidenciados. Isso demonstra preocupação da empresa com as opiniões dos colaboradores e também garante a validade da pesquisa. Afinal, não adianta de nada realizar a pesquisa e não tomar providências com relação as respostas. Isso faz com que em uma próxima tentativa os colaboradores não queiram responder a pesquisa, já que não tiveram retorno.

5 - Feedback para os líderes
Os líderes são peças fundamentais na construção de um clima bom no ambiente de trabalho. Eles são responsáveis pela Gestão das Pessoas e precisam ter acesso as respostas da pesquisa para identificar situações que podem estar prejudicando o clima entre a equipe.

Há situações em que o colaborador reclama do próprio líder, nesse caso é fundamental que o RH atue para entender o contexto da situação e encontrar a melhor solução, sem expor o colaborador.

Além disso, a participação dos líderes é fundamental pois eles são responsáveis por engajar o time e acompanhar a participação dos liderados, garantindo que participem da pesquisa.

6 - Apresentação dos resultados
Além de realizar a pesquisa, é imprescindível que a empresa apresente os resultados aos colaboradores que responderam e também qual foi o plano de ação desenvolvido para trabalhar os pontos mencionados.


Fonte: Blog Senior Sistemas