Conheça as vantagens de um sistema ERP para PMEs

09 de março de 2020
As pequenas e médias empresas, também conhecidas pela sigla PMEs, atualmente representam uma parcela crescente no país. Estamos vivendo na era do empreendedorismo e para aqueles que desejam se manter firmes diante da concorrência, é essencial investir em tecnologia. 

A Transformação Digital é uma realidade para o mercado, em especial quando falamos de pequenas e médias empresas. Com mudanças cada vez mais frequentes e um fluxo de informação ainda mais constante entre empresas e clientes, saber explorar as tecnologias da forma mais inteligente e estratégica possível é fundamental para criar oportunidades de negócio.

Os sistemas integrados de gestão, também conhecidos como softwares de ERP (Enterprise Resource Planning), têm como principal objetivo melhorar a gestão das empresas, automatizando fluxos de trabalho e integrando atividades das mais diversas áreas, garantindo maior agilidade nos processos e resultados mais consistentes e satisfatórios.

As vantagens do ERP para PMEs

Protagonistas da economia nacional, as PMEs contam cada vez mais com a tecnologia e sistemas de gestão para impulsionar os seus resultados. Abaixo, separamos uma lista com as principais vantagens que empresas de pequeno e médio porte têm ao contar com um sistema de gestão empresarial. Acompanhe!

Controle de ponta a ponta
Com um software ERP, é possível eliminar diversas planilhas e descentralizar os processos das áreas, unificando processos e dados em uma única plataforma. Assim, fica mais fácil para controlar informações, prever cenários, planejar estratégias e aprofundar a integração dos departamentos.

Redução dos custo
Reduzir custos e otimizar a produtividade é a combinação dos sonhos. Ao reorganizar os processos de negócio, automatizar as operações diárias, melhorar a precisão no cálculo de impostos, a empresa ganha redução de custos operacionais e potencializa os seus resultados.

Segurança da informação
A centralização dos dados num único sistema pode ajudar a dificultar o extravio das informações e até possíveis fraudes, pois como a infraestrutura e a manutenção da solução ficam por conta do fornecedor, a empresa ganha segurança e tranquilidade.

Compliance
Estar em compliance significa estar em conformidade com os procedimentos legais. O nome já diz muito sobre essa atividade, que visa garantir às empresas o cumprimento de todas as exigências dos órgãos de regulamentação, dentro dos padrões para cada segmento. E para isso é necessário que mais uma vez as empresas usem da tecnologia para automatizar essa etapa.

Planejamento baseado em indicadores
Muitas pequenas e médias empresas iniciam as suas atividades sem um planejamento estratégico bem desenhado que compreenda todas as áreas. O resultado disso muitas vezes é um ciclo de produção com diversos gaps, e além disso, dependendo da demanda, é possível até que esse ciclo seja quebrado em algum momento e você acabe tendo algum prejuízo.

O ERP age como uma lente de aumento para esses gargalos, possibilitando que os gestores identifiquem onde os gaps estão acontecendo e o porquê de estarem acontecendo, tornando o caminho para a solução muito mais simples!

Fonte: Blog Senior Sistemas