Como garantir a segurança dos colaboradores durante a pandemia

20 de novembro de 2020
6 dicas que vão te ajudar a manter a segurança dos colaboradores. Para garantir a segurança dos colaboradores em meio a pandemia do novo coronavírus que exige isolamento social, muitas empresas seguem os trabalhos em home office e outras já vão iniciando o retorno parcial aos locais de trabalho. Independente da situação, algumas medidas devem ser tomadas sempre pensando no bem estar de todos e para evitarmos o risco de contágio.

A RESPONSABILIDADE DO EMPREGADOR DURANTE A PANDEMIA

Desde que surgiu, a Covid-19, doença causada pelo coronavírus, se espalhou rapidamente pelo mundo, tornando-se uma pandemia, situação classificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) quando mais de 100 países são afetados pelo vírus. Com isso, a doença trouxe uma série de dúvidas.

Logo no início da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei 13.979, onde temos uma série de medidas a serem adotadas a fim de controlar a situação. No ambiente corporativo, as empresas têm a responsabilidade de evitar a disseminação do vírus Covid-19, prezando sempre pelo bem estar dos colaboradores.

Por isso, preparamos abaixo 6 dicas para garantir a segurança dos colaboradores durante a pandemia.

- Plano de Contingência
Se a sua empresa ainda não tem, esse é ponto inicial mesmo antes de uma crise sanitária. O plano de contingência é uma medida de prevenção de riscos de contaminação presentes no ambiente de trabalho. É preciso mapeamento de áreas, funções, grupos de risco, além disso, um monitoramento e ações com o objetivo de proteção individual e coletiva.

- Descontaminação da empresa
Essa é uma ação que inclusive deve estar prevista no Plano de Contingência. A medida deve ser executada mesmo se todos os colaboradores estejam trabalhando em casa. É de responsabilidade do empregador realizar o processo de desinfecção e sanitização adequados em todas as áreas, principalmente as de uso comum.

- Mantendo a higiene local
Para empresas que precisam manter os funcionários no local, é preciso seguir uma série de normas passadas pela Organização Mundial da Saúde. Confira a lista abaixo:
• Ambientes devem estar sempre ventilados
• Não compartilhar objetos pessoais
• Manter uma distância segura entre as estações de trabalho
• Disponibilizar álcool em gel, máscaras e lenços descartáveis em diversos locais
• Disponibilizar material visual de conscientização de higiene pessoal e coletiva e do uso adequado das máscaras
• Higienização correta e regular de estações de trabalho

- Novas práticas dentro da empresa
Muitas práticas rotineiras que nem damos conta que estamos fazendo, terão que mudar com a pandemia. E o que parece óbvio para alguns, pode não ser para outros. Por isso, as empresas precisam deixar claro quais serão essas novas práticas. Alguns exemplos:
• Saudações sem contato físico
• Restringir o número de pessoas em áreas comuns, elevadores, etc
• Evitar reuniões presenciais
• Interromper eventos de equipes enquanto durar a pandemia
• Estabelecer home office para as equipes que podem exercer suas atividades neste formato ou para pessoas do grupo de risco, como por exemplo, colaboradores com mais de 60 anos.

- Comunicação efetiva
As empresas podem utilizar várias ferramentas de comunicação, mas é de responsabilidade dela manter os colaboradores informados sobre a pandemia, mudanças na empresa, adequações e demais situações relacionadas a pandemia.

Também é importante que os colaboradores tenham consciência de que a empresa entende o sentimento pelo qual todos estão passando nesse cenário de incertezas e aos que estão saindo de suas casas e se expondo para manter suas atividades, que a empresa continuará promovendo a segurança e saúde no ambiente para eles.

- Iniciativas ​​​​​​
Pegando o gancho da comunicação efetiva, as empresas devem ter iniciativas para ajudar no bem-estar dos colaboradores, como por exemplo, adaptar atividades presenciais. Muitas empresas oferecem a ginástica laboral, a fim de auxiliar na saúde dentro do ambiente de trabalho. É possível criar programas online proporcionando sessões de exercícios físicos, meditação, yoga ou até mesmo dicas de alimentação e auxílio psicológico.

Muitas empresas têm se adaptado ao novo cenário em que todos ou a maior parte dos colaboradores estão trabalhando em home office e organizam happy hours online onde os próprios colaboradores podem mostrar seus dons artísticos, criando uma interação de todos.

As lives de lideranças para mostrar resultados, alinhar metas, responder perguntas e também reconhecer o engajamento dos colaboradores tem sido uma ferramenta que tem dado certo em várias empresas.

Essas iniciativas são simples, mas podem fazer toda a diferença em meio a uma pandemia. A criatividade é uma das palavras de ordem quando o assunto é se reinventar.


Fonte: Blog Senior Sistemas