CLOUD COMPUTING: Conheça os benefícios para a sua empresa

15 de junho de 2020
Conheça os benefícios que a computação em nuvem traz para as organizações e dicas para implantar essa tecnologia na sua empresa. Podemos afirmar que a tecnologia ajudou as empresas a continuar seus negócios durante o surto do novo coronavírus. Mas, aprofundando-se no que exatamente tem sido a chave para permitir que as pessoas trabalhem em casa e que as empresas mantenham os serviços essenciais aos negócios, existe uma verdade: a computação em nuvem.

Para muitas organizações a continuidade do negócio foi possível devido à computação em nuvem. As empresas que já utilizam, mesmo que de forma parcial a computação em nuvem, passaram por esse processo de distanciamento de uma forma menos traumática. Podemos utilizar como exemplo muitas startups, que devido a suas características, muitas delas já nascem na “nuvem”, e com isso, acabam fazendo muito uso da computação em nuvem.

Pat Gelsinger, CEO da VMware, projeta que computação em nuvem deve superar os ambientes tradicionais de TI a partir de 2021. É inegável que software, infraestrutura e plataformas como serviço (Saas), ganham cada vez mais espaço e passam a ser uma alternativa atraente na hora das empresas atualizarem seu parque tecnológico.

Para termos os benefícios na adoção dessa tecnologia, é importante que a empresa tenha uma estratégia de implementação, garantindo uma experiência suave de migração para nuvem e uma pós-migração sem complicações ou impactos para a operação do seu negócio. Com uma boa estratégia sua empresa terá muitos benefícios.

Conheça os 6 benefícios de migrar os seus dados para a nuvem:
1. Redução de custos
Uma pesquisa realizada pela Computer World, mostrou que empresas de médio porte tiveram uma economia de mais de 25% em seus custos ao adotar sistemas em nuvem, diferentemente do que acontece na modalidade on-premise.

Um dos pontos mais importantes, principalmente em tempos de crise, é a redução de custos. A computação em nuvem ajuda as organizações a reduzirem as despesas operacionais e de capital.

Lembrando que na modalidade SaaS (Software como Serviço), você paga somente pelo o que utilizar, não sendo necessário ter sobras de recursos como, memória e CPU, por exemplo. Também ajuda na redução de custos com, gerenciamento e manutenção de recursos de TI.

2. Escalabilidade
Ao contrário de um ambiente on-premise, que precisamos estimar o uso do datacenter pelo seu poder de processamento máximo (Estimativa pelo Pico), a nuvem traz o benefício para as organizações de crescerem a sua infraestrutura de TI conforme o necessário.

Ou seja, a infraestrutura em nuvem acompanhará o ritmo do seu negócio. Caso necessário, você poderá expandir a infraestrutura para suportar uma nova necessidade, e em períodos de baixa, é possível reduzir a infraestrutura para que não haja desperdícios nem ociosidade de recursos computacionais.

Em negócios que enfrentam sazonalidade na demanda por produtos ou serviços, essa característica é importante, pois permite que a necessidade seja atendida por uma cobertura sob medida.

3. Flexibilidade
A solução em nuvem permite que as organizações implantem e testem aplicativos rapidamente na nuvem. Utilizando a modalidade de computação em nuvem PaaS, Plataforma como serviço, é possível que a equipe de desenvolvimento se preocupe apenas com a implantação do software, eliminando a necessidade de provisionar a infraestrutura necessária para suportar a aplicação. Com isso, a equipe ganha agilidade, podendo ter o foco em inovação.

4. Recuperação de Desastres
A proteção de dados é a principal necessidade das organizações, tendo como papel principal para a continuidade do negócio. A nuvem fornece a facilidade para construção de um site backup, facilitando que os dados sejam replicados e guardados em outros data centers, podem estar no mesmo país ou até em países diferentes . As empresas podem acessar seus dados de maneira fácil e rápida a partir da nuvem, ganhando agilidade, produtividade e continuidade dos negócios, pois os os dados, ou informação está apenas em um local, mas são replicadas.

5. Otimização da equipe de TI e Suporte para a Transformação Digital
Os provedores em nuvem possuem como responsabilidade manter os componentes físicos do data center. Em alguns modelos de cloud computing, possuem até mesmo a responsabilidade de manter todo o software atualizado. Com isso, a computação em nuvem, elimina grande parte do trabalho técnico. Dessa forma, o potencial da equipe de TI pode ser direcionado para o desenvolvimento de soluções inovadoras, estratégicas para a organização. O papel dos profissionais de TI passa a ser estratégico.

6. Mobilidade
Como um servidor ou outro recursos em nuvem é acessível de qualquer lugar, todos os usuários, tanto internos como externos, experimentam a versatilidade de acesso a esses recursos.

Com os recursos de firewall, você consegue limitar de uma forma granular quem e ao que cada pessoa terá acesso. A equipe de TI não precisa estar fisicamente na organização e sim, de forma distribuída globalmente trabalhando no regime de Home Office.

O futuro dos negócios: Caminhando para a nuvem.
A migração de dados para a nuvem é uma decisão importante a ser tomada. Para que as organizações realmente impulsionem a agilidade em toda a empresa, e modernizem a maneira como trabalham, precisam repensar sua abordagem para a nuvem.


Fonte: Blog Senior Sistemas