5 dicas para implementar a cultura do feedback

17 de fevereiro de 2020
5 dicas para implementar a cultura do feedback da melhor forma possível na sua empresa e como ela pode impactar positivamente nos resultados. Se é verdade que o capital humano é a chave do sucesso para qualquer empresa, também é verdade que priorizar o diálogo dentro das organizações e garantir a que colaboradores se sintam motivados para alcançar suas metas é essencial. Através da cultura do feedback, é possível otimizar o desempenho dos profissionais e também acompanhar de perto a evolução de cada um dos colaboradores.

Diante de um mercado cada vez mais competitivo, as atividades do dia a dia dentro de uma empresa estão cada vez mais exigentes. Assim, manter a motivação dos colaboradores é fundamental para garantir que os melhores resultados possíveis sejam atingidos. É aí que a cultura do feedback entra como uma forma de desenvolver profissionalmente os colaboradores através de críticas construtivas, baseadas em avaliações de desempenho.

Quer entender melhor como funciona esse exercício no gerenciamento dos seus negócios? Então, continue a leitura e descubra as vantagens que podem ser agregadas aos profissionais e à sua empresa com a cultura do feedback.

O que é a Cultura do Feedback?

A cultura do feedback na empresa nada mais é do que criar um ambiente aberto ao diálogo dentro da empresa, onde existe o hábito de conversar sobre como está a performance do colaborador, tanto em relação às suas entregas quanto ao comportamento, pontos de melhoria e pontos positivos.

Esta é uma forma de criar um ambiente saudável na empresa, onde os profissionais têm abertura para falar sobre aquilo que vivenciam no ambiente de trabalho no dia a dia e através do feedback podem evoluir o seu comportamento e entregas dentro da empresa, ao mesmo tempo que contribuem para transformar o ambiente corporativo em um lugar cada vez melhor para trabalhar e consequentemente, mantenham-se motivados para buscar os melhores resultados.

Quando o feedback é contínuo, ou seja, feito em um intervalo de tempo não muito longo, traz resultados ainda melhores. Assim, a equipe fica melhor estruturada. Além disso, é interessante também que os profissionais sejam estimulados a dar retorno. É uma boa maneira de os gestores assimilarem as dificuldades que a equipe encontra no dia a dia.

Vantagens do feedback: por que incorporar o método na sua empresa?

Um líder que deseja motivar e desenvolver a sua equipe, mantendo-a sempre motivada, vai encontrar no feedback uma forma inteligente e muito eficiente de saber a percepção de cada um do ambiente de trabalho. Abaixo, listamos algumas vantagens dessa prática. Acompanhe!

Equipes mais colaborativas
O feedback estimula a colaboração entre colegas de trabalho. Quando todos sabem que estão sendo cuidados, sentem-se mais seguros e confiantes para cooperar com o trabalho do próximo. Também se sentem à vontade para opinar, dar ideias ou tirar dúvidas, mesmo em um projeto que já esteja em andamento. Os gestores também devem fazer parte dessa rede de colaboração.

Comunicação
Assim como estimula a colaboração, o feedback contínuo também impulsiona a comunicação. Quando todos têm espaço para conversar abertamente, fofocas, ruídos e desentendimentos são reduzidos ou eliminados. Também não há espaço para que nenhum colaborador se sinta excluído ou perseguido. Diversos conflitos são minimizados e a empresa só tem a ganhar.

Evolução dos colaboradores
Os funcionários se sentem apoiados quando têm seu trabalho avaliado. Claro que a interpretação do feedback vai depender do nível de profissionalismo de cada um, mas, no geral, mesmo as críticas negativas devem ser colocadas de maneira a contribuir com o desenvolvimento do colaborador. Com isso, o trabalho progride e a empresa se torna mais eficiente.

A realidade de um profissional que não sabe lidar com críticas ou correções também pode ser melhorada. É importante que todos enxerguem o feedback como uma forma de apoio ao trabalho e de orientação. O amadurecimento pessoal também traz vantagens ao profissional. O retorno pode ser uma maneira de o colaborador aprender a encarar outras dificuldades.

Como implantar o feedback na empresa?

Implantar a cultura de feedback na empresa não é uma tarefa tão simples. Essa prática deve ser pensada a longo prazo, já que seus resultados podem não ser imediatos.

É importante ressaltar que alguns profissionais poderão se sentir incomodados no início. Por isso, a cultura de feedback deve ser implantada seguindo algumas etapas. Veja a seguir o 5 passos ideais para implantar a cultura de feedback na empresa!

1. Crie um ambiente adequado
O primeiro passo para implantar a cultura de feedback na empresa é criar um ambiente adequado. Ou seja, o profissional precisa se sentir seguro e confortável para compreender que essa prática é positiva.

Logo, conheça a sua equipe, observe os pontos fortes e pontos de melhoria, suas necessidades e anseios, o que os motiva no dia a dia, entre outras características. Dessa forma, fica mais fácil fazer uma abordagem assertiva e agradável.

2. Seja empático e construtivo
Os funcionários devem ser treinados para entender que as críticas são construtivas. Por isso, seja empático ao expor algum ponto de melhoria e busque sempre destacar algum ponto positivo antes de fazer uma crítica.

O profissional precisa se sentir valorizado e notar que as suas dificuldades são vistas como oportunidade de progresso pela companhia, e não como fraquezas.

3. Faça elogios
Os elogios são fundamentais para o bom andamento do feedback na empresa. Afinal, os colaboradores são os principais responsáveis pelos sucessos que a corporação já conquistou, logo, nada mais justo do que reconhecer suas qualidades antes de cobrar melhorias.

4. Faça do feedback uma prática constante
As avaliações e conversas devem ser regulares. Assim que os colaboradores entenderem como funciona a prática, já se sentirão mais motivados. Em todos os feedbacks, metas devem ser definidas para que a prática faça parte do cotidiano da empresa e não se torne um evento esporádico.

5. Esteja aberto para receber o feedback do profissional
Vale a pena ressaltar, que o feedback deve ser aplicado e recebido do colaborador. Ou seja, o profissional deve ter a sua oportunidade de falar sobre os pontos fortes e fracos que identifica na corporação.

Logo, saiba ouvir e considere, sinceramente, o que o funcionário tem a dizer. Dessa forma, a empresa pode aprimorar cada vez mais suas práticas. Afinal, o colaborador pode apontar questões que não estavam sendo observadas pelos gestores antes.

Fonte: Blog Senior Sistemas